fbpx
pódio para todos

Documentário ‘Pódio para Todos’ estreia no Netflix

Recentemente disponibilizado com exclusividade para os usuários da Netflix, o documentário Pódio para Todos já está dando o que falar. Inclusive pessoas que ainda não assistiram, mas tiveram acesso ao trailer oficial, estão impactadas com o documentário. E muito disso se deve à temática do mesmo, que tem relação com a situação das pessoas com deficiência no mundo de hoje. Uma reflexão que sem dúvida alguma vale a pena conhecer.


Publicidade

cur.to: conheça uma solução totalmente em português para montar páginas para links da bio do Instagram e do TikTok. Perfeito também para profissionais, entidades e marcas que não tem site.


Pódio para Todos reflete a situação das pessoas com deficiência tomando como base os Jogos Paralímpicos, que já se tornaram comuns na sociedade atual. Para eles se faz uma organização totalmente voltada para as competições envolvendo pessoas com os mais diversos tipos de deficiência.

É umm verdadeiro festival de inclusão que o esporte proporciona às civilizações. Uma inclusão que se dá por meio da realização do sonho de competir: competir correndo, nadando, jogando, velejando… enfim!
O papel social do esporte, na verdade, passa por isso. A inclusão das pessoas com deficiência é uma das máximas que deve nortear o espírito desportivo. Claro que cada qual deve ser tratado de acordo com suas especificidades. Isso significa que os diferentes devem ser tratados conforme suas próprias necessidades. Assim sendo, não se pode colocar em competição uma pessoa deficiente com outra que não possui deficiência alguma. Por isso existem os Jogos Paralímpicos. Pois assim é possível que o deficiente compita em pé de igualdade e tenha oportunidade de alçar ao pódio.

O que é ser deficiente na sociedade atual

Ser deficiente não deveria ser um problema, mas infelizmente todos sabemos que na realidade é. Para uns mais e para outros menos. Depende do tipo de deficiência e do grau de comprometimento. Mas é fato que sempre trata-se de um problema grave. Algo de tamanha complexidade porque está tocando num assunto extremamente delicado. Portanto, Pódio para Todos é antes de tudo um chamado à reflexão.

O fato que chama a atenção é que falar de deficiência é tratar de um problema referente à condição humana. É somente ao ser humano que parece minimamente aceitável desenvolver tais sentimentos em relação a outra pessoa. É o que o documentário Pódio para Todos busca demonstrar. Que se subestima alguém por suas deficiências e por isso se lança sobre este um olhar marginal. O esporte é uma forma de corrigir esses rumos e se construir um novo paradigma para a sociedade.

Portanto, é nesse sentido que a produção da Netflix quer seguir. O ideal é que as pessoas passem a ter consciência de que a realidade é diferente para todos, mas as oportunidades são universais. Alguns são exímios usando as mãos, outros usando os pés. E na falta de um ou outro, há quem seja capaz de fazer com os pés o que se julga possível fazer somente com as mãos. E vice-versa. E o nome que se dá a isso não é outro senão superação.

A mensagem Pódio para Todos quer passar

A palavra-chave de todo esse processo é exatamente a superação. Pois pessoas deficientes normalmente se sentem inferiores aos demais devido às suas limitações. Frente a isso o sentimento desportista deu o tom e tornou possível o acontecimento dos Jogos Paralímpicos. Estes que a cada acontecimento demonstram que não há limite para as pessoas, mesmo que essas sofram de privações físicas e/ ou mentais. Afinal, se superar é a meta de qualquer esportista. Dos atletas paralímpicos certamente não se poderia esperar algo diferente.

O documentário Pódio para Todos traz uma série de lições de vida para as pessoas que não acreditam no potencial de se reinventarem e de sublimar. Trata-se efetivamente da capacidade de superação, que os atletas paralímpicos desenvolvem de maneira natural. Por esse motivo vale a pena acompanhar o documentário e colher as mensagens que ele traz para a vida de qualquer pessoa.