fbpx

Os 14 pontos para evitar a contaminação da prótese de silicone

Rio de Janeiro 5/11/2020 – O plano de 14 pontos veio para minimizar o número de bactérias que podem contaminar os implantes mamários no momento da cirurgia, afirma Thiago Cavalcanti.

A principal causa da troca de prótese de silicone tem sido a contratura capsular. Após muitos anos de estudos, foi comprovado que a contaminação bacteriana pode causar a contratura capsular que provoca endurecimento, dor e deformidade após a cirurgia dos implantes.

Com o passar dos anos houve uma grande evolução da cirurgia da prótese de silicone. Os órgãos internacionais lançaram sugestões para os cirurgiões reduzirem a contaminação, chamadas de 14 pontos. Esse método foi adotado em todo o mundo, porém poucas pacientes conhecem a sua importância.

Segundo o cirurgião plástico Dr. Thiago Cavalcanti, o plano de 14 pontos foi desenvolvido exatamente para minimizar o número de bactérias que podem contaminar os implantes mamários no momento da cirurgia, reduzindo a contaminação, os índices de seroma, hematoma, contratura capsular e provavelmente do ALCL.

Essa contaminação pode acontecer na hora da colocação do implante, e uma vez aderida ao implante, é virtualmente impossível remover. Por isso é tão importante evitar ou ao menos minimizar a contaminação do implante durante a cirurgia, explica o médico.

Segundo o Dr. Thiago Cavalcanti a recuperação é geralmente rápida permitindo que a paciente retorne ao trabalho, dirija e até pegue uma criança de até 15kgs após 24hrs. Nesse período, haverá pequenas restrições nos exercícios não podendo elevar a frequência cardíaca acima de 100btm nas duas primeiras semanas.

Website: https://thiagocavalcanti.com.br

Deixe uma resposta