fbpx

Estudos apontam eficiência do ozônio na desinfecção de ambientes

O Ozônio é um gás natural formado através do oxigênio, ele se tornou mais uma solução para combater o coronavírus. Sua eficácia foi testada para eliminar vírus de ambientes fechados e também com grande fluxo de pessoas.

São Paulo 8/12/2020 –

O Ozônio é um gás natural formado através do oxigênio, ele se tornou mais uma solução para combater o coronavírus. Sua eficácia foi testada para eliminar vírus de ambientes fechados e também com grande fluxo de pessoas.

Existe uma relação muito eficaz entre o ozônio e desinfecção de ambientes, esse gás natural formado pelo oxigênio tem sido objeto de estudo entre várias instituições de pesquisa depois de circular na mídia que a China, Japão, Alemanha e outros países da Europa usaram esse recurso durante a pandemia. Além disso, as companhias aéreas também utilizam para esterilizar as aeronaves.

O ozônio tem a capacidade de eliminar micro-organismos em ambientes fechados e também naqueles que possui grande movimentação de pessoas. Isso inclui salas de espera de consultórios, veículos, ônibus, aeronaves, leitos de hospitais, quartos de hotéis, residências e etc.

Como o objetivo de 2020 foi reduzir a propagação do Coronavírus, algumas Instituições resolveram testar o ozônio em desinfecção de ambientes para comprovar realmente a sua eficácia.

Pesquisas sobre o ozônio e desinfecção de ambientes

Os pesquisadores notaram que o ozônio destruiu os vírus envelopados e os não envelopados em 99,9% das amostras testadas. Um dos vírus pertencentes à classe dos envelopados é o Coronavírus, essa camada lipídica o torna mais resistente, contudo, não resistiu à ação do ozônio.

A aplicação do ozônio é feita através de um gerador de ozônio e o teste foi aplicado durante 60 minutos e constatou-se que o gás chegou em lugares onde a limpeza tradicional não alcançaria.

O aparelho gerador de ozônio é compacto e pode ser levado para diferentes ambientes facilmente. Essa opção é sustentável, econômica e não traz efeitos colaterais quando usado na concentração correta.

Embora no Brasil o tema ozônio e desinfecção de ambientes seja uma novidade e surgiu durante a pandemia, outros países do mundo já se estudavam essa tecnologia não só para esterilização, mas também como uso terapêutico na saúde.

No Japão uma equipe de pesquisadores afirmou que o ozônio em concentrações de 0,05 a 0,1 pmm pode neutralizar o Coronavírus nos ambientes.

Essa quantidade é inofensiva à saúde humana e o teste foi realizado em uma câmara selada com amostras de Coronavírus. A potência viral foi reduzida em mais de 90% quando o gerador de ozônio foi ligado a níveis baixos por cerca de 10 horas.

Países que utilizam o gás de ozônio na desinfecção de ambientes e na saúde

O ozônio é utilizado na saúde em países como: China, Portugal, Espanha, Rússia, Japão, Alemanha e Cuba. Nos Estados Unidos a utilização é regional, cerca de 23 estados conhecem a técnica para complementar o tratamento de diversas doenças.

Com relação ao ozônio e desinfecção de ambientes, a China está na vanguarda usando os túneis de ozônio onde é pulverizado o gás de ozônio para esterilizar as pessoas nas fábricas e reduzir o risco de contágio.

No Brasil, Boituva, uma cidade do interior de São Paulo, também instalou o túnel na entrada da cidade.

Em diversos lugares do mundo, o uso do gás de ozônio tem ganhado espaço tanto para esterilização de ambientes, pessoas e também tratamentos complementares de doenças.

No Brasil já foi lançado um equipamento chamado Ozonyx, que permite protocolos de desinfecção e de manutenção com o mecanismo Control Flow, que é capaz de garantir que os níveis de ozônio não ultrapassem os padrões de concentração recomendados. 

Website: http://www.hsmed.com.br

Newsletter Updates

Enter your email address below to subscribe to our newsletter

Physical Address

304 North Cardinal St.
Dorchester Center, MA 02124