fbpx

Programa de humanização criado por calouros de faculdade de medicina ganha destaque no site oficial da Rede Humaniza SUS

São José do Rio Preto, SP 27/10/2020 – É uma forma dos estudantes conhecerem de modo mais profundo a medicina humanizada”, Patrícia de Souza Campos Silva, editora da Rede Humaniza SUS.

Projeto é lançado através de uma série de podcasts produzidos pelos estudantes

Uma relação mais próxima e humana entre médico e paciente é, com certeza, o caminho certo a seguir na medicina. Um projeto criado por calouros de uma faculdade de medicina do interior de São Paulo disponibiliza, através de uma série de podcasts, os princípios e diretrizes do HumanizaSUS, programa da Política Nacional de Humanização.

 

O projeto faz parte do eixo do PIC – Programa de Integração Comunitária, da faculdade de medicina FACERES, em São José do Rio Preto – SP, e incentiva o conceito da humanização utilizando uma das mais importantes ferramentas de comunicação atuais: o podcast.

 

Para apresentar à comunidade o que é humanização na área da saúde e inseri-la desde o início da formação, os calouros da 17ª turma do curso produziram os podcasts baseados na Política Nacional de Humanização – Humaniza SUS, criada em 2003. “Humanizar se traduz como inclusão das diferenças nos processos de gestão e de cuidado. Tais mudanças são construídas não por uma pessoa ou grupo isolado, mas de forma coletiva e compartilhada. Incluir para estimular a produção de novos modos de cuidar e novas formas de organizar o trabalho”, explica Fernanda Novelli Sanfelice, coordenadora do PIC.

 

O projeto de humanização foi implantado inicialmente nos hospitais públicos em toda a rede no ano 2000 pelo Ministério da Saúde. Este teve como objetivo empreender um esforço coletivo de melhoria da saúde pública no Brasil, a fim de disseminar uma nova cultura de atendimento humanizado.

 

O programa 100% online e gratuito nomeado como: “Humaniza FACERES”, é destaque no portal da Rede Humaniza SUS, a rede social das pessoas interessadas e/ou já envolvidas em processos de humanização da gestão e do cuidado no SUS. “É um movimento de apoio a iniciativa tão importante de divulgação de Política de Humanização realizada pela FACERES e, também, uma forma dos estudantes conhecerem de modo mais profundo a medicina humanizada”, complementa Patrícia de Souza Campos Silva, editora da Rede Humaniza SUS.

 

Além dos podcasts, o programa Humaniza FACERES, conta com um e-book que aborda a Política Nacional de Humanização e a Humanização em Saúde, que será disponibilizado para a comunidade e outras instituições de ensino, após a apresentação dos podcasts.

 

 “A humanização deve vir como elemento da formação do médico, como algo que seja intrínseco ao profissional. O Programa Humaniza FACERES visa aprimorar o processo de formação humanizada dos nossos alunos e professores, além de contribuir com o atendimento nos serviços de saúde e atividades extensionistas na comunidade.  Contará com experiências e vivências dos nossos alunos e professores, nos campos práticos e da vivência acadêmica. O objetivo é contribuir com a formação humanizada do futuro médico e promover atividades extensionistas em saúde na comunidade”, complementa Fernanda.

 

O material da campanha Humaniza FACERES será disponibilizado para a população e utilizado em ações de saúde, além da ampla divulgação na comunidade acadêmica.

 

O programa será desenvolvido durante o semestre letivo e a cada semestre mudará o cronograma de atividades e ações em saúde.

 

A página no Instagram: @humanizafaceres disponibiliza todas as informações necessárias. (https://www.instagram.com/humanizafaceres/).

 

Os oito podcasts do programa Humaniza FACERES estão disponíveis no site da faculdade www.faceres.com.br e no canal Spotify “HUMANIZA FACERES”, que podem ser acessados através do link:

https://open.spotify.com/show/4uk1FXTa3Nfxt6WXTVq2ZV?si=B7S2O9aiSlC3cYwy-icW5A

Vestibular

 

As inscrições para o vestibular de medicina FACERES 2021 estão abertas, oferecendo 60 vagas, em período integral, para ingresso no 1º semestre letivo de 2021. O processo seletivo será realizado em duas modalidades:

 

Modalidade I – 50 vagas para seleção através de nota obtida no ENEM, independentemente do ano de realização;

 

Modalidade II – 10 vagas para seleção composta de duas etapas (redação e entrevista com banca examinadora).

 

Em virtude da pandemia da Covid-19, a prova presencial não será realizada.

 

As inscrições podem ser feitas até o dia 05 de novembro de 2020, pelo site da faculdade: www.faceres.com.br

Website: https://faceres.com.br