fbpx
livros

Mulheres no futebol é tema de 2 livros

Títulos diferentes, mas que falam sobre a mesma realidade: o quanto as mulheres sofrem para conquistar seu espaço no mundo do esporte. São eles os livros “A verdadeira regra do impedimento” e “Meninas também jogam futebol”, e contam a história de mulheres inseridas no ambiente esportivo.

As mulheres constantemente precisam provar o quanto são valiosas para determinadas situações e ambos os livros possuem o objetivo de relatar isso em suas histórias. Saiba mais sobre as obras:

A verdadeiro Regra do Impedimento

livros A-verdadeira-regra-do-impedimento

O livro foi lançado e editado pela Editora Primeiro Lugar em novembro de 2019 e teve sua primeira tiragem esgotada rapidamente nas livrarias. Não importando qual o ramo esportivo a se escolher, se é jornalismo, atletismo ou como torcedor, este projeto ensina que a verdadeira regra do impedimento não foi construída dentro dos campos.

O livro conta a história de um campeonato feminino cearense que teve mal divulgação no ano de 1983, mostrando que naquela época o machismo era algo totalmente visível. Cerca de 35 anos se passaram e esse capítulo do esporte estadual acabou sendo esquecido e ignorado, assim como os feitos femininos naquele jogo.

A obra “A verdadeira regra do impedimento” mostra para seus leitores que as mulheres são transgressoras por tomarem a decisão de assumir sua paixão pelo esporte. Um dos focos principais do livro é o futebol estadual. No entanto, são mostrados exemplos de jogadoras cearenses para mostrar os problemas que recorrerem todo o país.

Um desses problemas mostrados é como existe falta e como a imprensa mostra o futebol feminino como uma modalidade inferior. O resgate histórico é o destaque deste livro, mas ele traz a atualidade também. Por isso, essa obra contou com a ajuda de jornalistas de nome, como:

  • Nadja Mauad
  • Clara Albuquerque
  • Blog Dibradoras
  • Amandinha

O livro “A verdadeira regra do impedimento” possui cerca de 150 páginas, com orelhas foram assinadas por dois jornalistas e Prefacio de Diego Morais. Com o esgotamento da primeira tiragem do livro, foi lançado o desafio de arrecadar R$ 2,5 mil em cerca de 30 dias para que possam ser impérios mais volumes. O valor arrecadado pelo financiamento serão destinados para:

  • Impressão de novos livros
  • Designer de capa e diagramação
  • Registros de ISBN e ficha catalográfica
  • Frete da gráfica para a Editora
  • Remuneração de serviços administrativos para gestão de pedidos e envios
  • Remuneração de serviço de marketing digital
  • Pagamento dos direitos autorais da obra

Clique aqui para ir à página do financiamento coletivo.

Livro Menina também joga futebol

O livro foi criado pela autora Claudia Maria de Vasconcellos e publicado no ano de 2014 pela editora Iluminuras. Essa obra possui 96 páginas onde é contado a história de Laurinha, uma menina que prefere futebol a balé.
O desafio de poder ou não poder jogar futebol é o que muitas mulheres enfrentam no mundo. Essa parábola tem o intuito de mostrar exatamente isso.

Laurinha é a personagem principal, sua história mostra os desafios e testes que ela enfrenta para conseguir participar do campeonato de futebol no bairro em que mora, já que estão a proibindo de participar por ser uma menina. O mundo do futebol pode ser bastante machista, por isso, é considerado importante a publicação de livros como esse que falam sobre esse assunto.

Por essa razão, o livro Menina também joga futebol foi um dos mais indicados para leitura no dia internacional da mulher. Para, de alguma forma, ajudar as Laurinhas que lutam diariamente por seu espaço no mundo do esporte. Você pode adquirir esta obra na Amazon.